Deputados estaduais receberão apenas 15 salários por ano



Assembleia Legislativa do Maranhão

Após a matéria bombástica exibida no programa "fantástico" de domingo passado, a Assembleia Legislativa do Maranhão voltou atrás no pagamento de 18 salários por ano aos 42 deputados estaduais.

O constrangimento foi geral e, mais uma vez, a nossa classe política não perdeu a oportunidade de envergonhar o Maranhão. Só lembrando ao leitor, que os nossos políticos vira-e-mexe estão envolvidos em escândalos de proporções nacionais.

O último, e seguramente outros se sucederão,  aponta para uma verdade inequívoca: não sabemos escolher os nossos representantes para o parlamento. Lá convivem deputados ingênuos,  despreparadas, espertalhões e pouquíssimos bem intencionados. Um destes, Bira do Pindaré (PT), tratou de corrigir o erro na sessão legislativa de hoje.

Foi de sua autoria o projeto que restringe a quantidade de salários dos deputados estaduais maranhenses em apenas 15. Pode-se dizer que parte do erro foi corrigido, no entanto, cheira muito mal para a população pobre do Maranhão que alguns poucos tenham vida de marajá. E a desculpa da deputada Graça Paz (PDT) de que precisa fazer assistencialismo foi simplesmente enojante.

Mas o circo dos horrores não acabou por aí, pois muitos deputados fizeram corpo-a-corpo para que os salários não fossem diminuídos. Uma vergonha defendida veementemente pelo deputado Manoel Ribeiro (PMDB).

Agora em matéria de verba indenizatória, a Assembleia Legislativa do Maranhão não perde para nenhum outro estado. Aqui, cada deputado recebe de R$ 32 mil mensais, simplesmente uma das mais altas do Brasil.

Ô Maranhão, até quando?



1 comentários:

Welliton Resende disse...

Valeu, caro amigo, pela publicação.

Postar um comentário

Para fazer comentário use sua Contas do Google como a do gmail, orkut entre outros. Qualquer comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do seu autor.Comentários com palavras ofensivas e xingamentos serão excluídos.É livre a manifestação do contraditório desde citado o titular. De já agradeço.